Prefeitura Municipal de Salvador
0
0
0
s2sdefault

Misturar álcool com direção pode estragar seu carnaval. É esse o alerta que a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) faz na sua campanha de conscientização neste ano. Durante a folia momesca quem transitar pelas grandes avenidas de Salvador vai se deparar com peças da campanha, como megapainéis, balões publicitários, carros destruídos para sensibilizar os foliões sobre os perigos de beber e dirigir.

Com frases de alerta para coibir essa imprudência, a iniciativa será exposta em um megapainel, na Av. Bonocô, e em blimps nas avenidas Centenário, Garibaldi, Paralela e Tancredo Neves. Esses balões de sinalização estão juntos a veículos acidentados e ambulâncias, causando um impacto ainda maior em quem passa por esses locais. Equipes da Gerência de Educação para o Trânsito farão distribuições de materiais educativos nos circuitos. A campanha tem o apoio da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária (BIGRS), entidade parceira da Prefeitura de Salvador.

“O uso de álcool antes de dirigir pode ser fatal. Este é um dos nossos grandes problemas neste período de festas. Por isso que, com esta campanha, queremos reforçar nos foliões a importância de não se descuidar da responsabilidade no trânsito” explica o superintendente de trânsito de Salvador, Decio Martins.

Segurança no trânsito – Para garantir mais segurança aos foliões, além de intensificar a Operação Respeite a Vida, que fiscaliza a Lei Seca, a Transalvador ainda vai promover blitze de alcoolemia com condutores profissionais de ônibus, táxi, mototáxi e aplicativos que atuam na festa.

Motoristas que conduzem os veículos oficiais da Prefeitura também vão ser submetidos ao teste. Durante as abordagens, equipes do órgão de trânsito vão distribuir materiais educativos destacando a importância de não dirigir após ingerir bebidas alcoólicas.

Operação Respeite a Vida - A operação Respeite a Vida será intensificada durante o período do carnaval. As abordagens acontecerão nas principais vias de acesso e saída dos principais circuitos. A fiscalização é realizada em pontos fixos, com apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal.

No carnaval de 2023, 2.540 condutores foram abordados durante os dias de carnaval. Desse total, 174 tiveram de ser notificados por estarem dirigindo após terem consumido bebidas alcoólicas. Nessas blitze, os agentes fizeram 78 remoções de veículos e tiveram de recolher quatro Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH).

Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência ou recusar-se a ser submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa são infrações de naturezas gravíssimas previstas nos artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), respectivamente. O condutor nestas situações está sujeito a sete pontos na CNH e multa de R$2.934,70, além de retenção do veículo e recolhimento da CNH.

0
0
0
s2sdefault
-->