Prefeitura Municipal de Salvador
0
0
0
s2sdefault

 A partir deste sábado (08) os radares que ficam na Av. Luis Eduardo Magalhães voltam a fiscalizar a velocidade dos veículos. Há 15 dias, a velocidade máxima permitida na via foi reduzida de 80 km/h para 70km/h. Por ser uma fase de adaptação, nesse período os equipamentos eletrônicos funcionaram em caráter educativo. Ou seja, os condutores que ultrapassaram os 70 km/h não sofreram sanções legais.

 

Essa alteração integra o Programa de Segurança Viária planejado pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador). Toda a sinalização da via foi trocada. Um estudo de fluxo feito por técnicos da autarquia municipal revelou que, fora do horário de pico, quando a pista está mais livre, 92,8% dos condutores trafegavam com velocidade até 70km/h na Av. Luis Eduardo Magalhães. De acordo com entendimento de especialistas da área de Engenharia de Tráfego, a velocidade máxima permitida na via pode ser aquela com a qual mais de 85% dos condutores trafegam. A implantação de uma ciclovia na avenida também foi um motivo para essa alteração. 

 

O excesso de velocidade é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a principal causa de acidentes com morte no trânsito. Reduzindo a velocidade, reduz-se também a probabilidade de ocorrências fatais. Trafegar com velocidade além do permitido é uma das infrações mais cometidas pelos condutores de Salvador.

 

Pesquisas comprovam que a diminuição da velocidade da via não colabora com o surgimento de congestionamentos, pelo contrário, essa redução possibilita a maior fluidez, isso porque a alta velocidade favorece o acúmulo veículos. Já mantendo baixa a velocidade e, consequentemente, uniforme o fluxo, as lentidões e congestionamento tendem a diminuir.

0
0
0
s2sdefault